O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) concedeu entrevista à Rádio Bandeirantes, nesta segunda-feira (30). Ciro aproveitou para comentar sobre os resultados das eleições municipais deste ano e criticando o Governador do Maranhão Flávio Dino por ter votado com uma camisa escrito “Lula Livre”.

“O Flavio Dino resolveu não apoiar ninguém. Foi votar com camiseta ‘Lula Livre’. Eles perderam um pouco a noção da realidade. Ganhou essa eleição quem soube interpretar a realidade do país com humildade. Isso aconteceu no Brasil inteiro. Só eles não querem ver. O Boulos chegar onde chegou significa que agora você pode expressar uma predileção com a esquerda radical sem ter que explicar os fracassos do PT. Eles vão perder. Não tem humildade nem capacidade de compreender e se reconciliar com o povo”, comentou Ciro Gomes.

Na oportunidade, Ciro Gomes comentou que pretende concorrer novamente a Presidência. Que está preparando um projeto para as eleições de 2022, focado em formar alianças.

“Sem dúvida. Estou dedicado a construir uma grande aliança do centro e da esquerda. Sem repartição de cargo, com uma questão clara: o Brasil precisa de uma reforma política. Se o Fernando Henrique Cardoso tivesse feito, teríamos mudado o Brasil. Se o Lula tivesse feito, teríamos mudado o Brasil. Nossa grande aliança será deslocar o centro político respeitado da aliança com a direita podre e do esquerdismo infantil”, declarou Ciro Gomes.

Assinar

Digite seu e-mail para assinar as notificações deste site

Junte-se a 193 outros assinantes